Prefeitura Municipal de Nicolau Vergueiro/RS

PREFEITURA MUNICIPAL DE NICOLAU VERGUEIRO - RS

Notícias

Escola promove atividade para reduzir o desperdício de alimentos

62421155 2230082093969629 9041219926915809280 n

Nos últimos dois meses, os alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental José do Patrocínio participaram de uma atividade envolvendo desperdício de alimentos. A finalidade da atividade conduzida pela nutricionista Andressa Pelinson, foi promover uma reflexão, de forma lúdica, sobre a conscientização para a redução do desperdício de alimentos na escola.

Em um primeiro momento os alunos foram divididos conforme suas turmas de ensino e foi escolhido um aluno responsável pela respectiva turma para pesquisar e explanar aos colegas sobre o tema de desperdício de alimentos no Brasil. Após a realização desta atividade em cada turma, iniciou-se a competição denominada “#raspeioprato – O que você faz para reduzir o desperdício de alimentos?”, onde o desafio era reduzir a quantidade de alimento referente à alimentação escolar que ia para o lixo durante o período de 30 dias. Como bônus pelo menor quantitativo de resto de alimentos ao longo do período, a turma ganhadora poderia escolher um lanche oferecido a eles em um dia determinado pelos mesmos e o lanche escolhido não teria condições nem restrições a serem seguidas.

A ideia da atividade surgiu quando acompanhado o desperdício de alimentos ao longo do mês anterior e encontrado o valor mensal de aproximadamente 20kg de comida no lixo. No mês da competição os resultados encontrados foram: um total de 7,994 Kg de alimentos no lixo entre todas as turmas, desse valor a turma vencedora foi o 3º ano da Prof. Luana que desperdiçou apenas 0,614 Kg de alimento no mês composta por 23 alunos.

O prêmio escolhido pela turma foi um rodízio de pizza com batata frita e refrigerante realizado no dia 05 de junho no turno da tarde. “O objetivo da atividade foi alcançado e nos próximos meses continuará o acompanhamento dos alimentos desperdiçados, sempre buscando estratégias para otimizar os gastos com a alimentação escolar”, pontou Andressa.